ESTACA DE CONTENÇÃO E TIRANTES/GRAMPOS

Um dos métodos de contenção periférica de solos é designado cortinas de estacas, cada vez mais utilizado na realização de obras de construção civil, principalmente na zona urbana, e vem ocupar uma solução bem satisfatória como parede de contenção.

A importância e a ocupação dos espaços urbanos, tem determinado, nos últimos anos, o aumento progressivo do numero de estruturas e infra-estrtura enterradas, construídas com o apoio de obras de contenção, condicionadas por razoes de ordem geológica, geotécnica e vizinhança.

É bastante corrente o recurso a estacas moldadas servindo numa mesma obra como solução de contenção periférica e fundações para pilares de periferia, de modo a possibilitar as escavações necessárias sem afetar construções vizinhas e perturbando o menos possível as atividades normais da cidade.

A solução de Estacas de Contenção consiste fundamentalmente na perfuração e concretagem de uma linha estacas no terreno, podendo ser justapostas ou espaçadas, sendo posteriormente escavado um dos lados do solo.

Dependendo da altura e carga sobre o solo, tem-se a necessidade de linhas de ancoragens, podendo ser utilizado à estrutura da obra ou a execução de tirantes passivos ou ativos no solo. As linhas de ancoragem ou tirantes podem ser executadas em vários níveis da cortina de estacas, dependendo da necessidade.
Os tirantes, geralmente são compostos por cordoalhas de aço ou por uma monobarra metálica, onde podem ser protendidos na sua execução. A protensão é um artifício para introduzir, em uma estrutura, um estado prévio de tensões. Quando os tirantes são protendidos, são chamados de tirantes ativos. Quando não são protendidos, são tirantes passivos. Os tirantes ativos aplicam uma força na estrutura de contenção contra o maciço. Os passivos, não - eles ficam esperando para que ocorra a solicitação deles. O tirante passivo também é conhecido como chumbador ou grampo.

A determinação do tipo de solução - passiva ou ativa - também é determinada depois dos estudos geológicos, seguindo as necessidades de projeto. Da mesma forma, não há orientações pré-determinadas para a escolha dos materiais dos tirantes, onde os mesmos serão definidos na fase de projeto.

SAIBA MAIS SOBRE OUTROS SERVIÇOS